18 outubro 2011

AMOR TEM DATA DE VALIDADE?



Eu nas minhas rondas pela internet, dei de cara mais uma vez com um post da Marie Clarie, de um blog chamado Fale com Ele. Pelo que entendi, coluna fixa da revista.

O fato é que a pergunta me chamou atenção e apesar de eu achar o texto dele meio em cima do muro, não é de todo ruim não.
Ele fala de cientistas do amor, e também mostra uma cena do filme "Como se fosse a primeira vez", que aliás ele não captou, na minha opinião a mensagem real do filme.

Ele fala sobre a duração do amor e sobre ele renascer ou não. Na verdade, não entendi muito bem a conclusão que ele chega no final, já que parece não se posicionar... mas vou dizer a vocês a conclusão que eu tenho a respeito dessa pergunta.

Ao meu ver, ele não expõe o que pensa, e ao mesmo tempo, confunde paixão com amor.

E é ai, que eu questiono: Amor, acaba? Amor, tem data de validade?

Sabe o que tem data de validade? A paixão... acaba e temos duas escolhas.
Ou aprendemos a amar a pessoa que está ali, ou a deixamos.

A paixão é uma reação química do corpo, é uma coisa quase meramente egoísta, nos apaixonamos pela pessoa que é reflexo do que achamos ideal... por que ela, se mostra assim para justamente, nos conquistar.

Vou postar aqui a resposta que eu coloquei no blog dele (duvido até que ele vá ler, enfim...)
O amor, não tem data de validade.
O que tem data de validade e vencimento é a paixão… essa tem data de validade.
Essa acaba nos problemas. Essa se autodestrói com o cotidiano.
Então é quando fazemos a escolha: nos apaixonarmos de novo pela mesma pessoa, com todos os defeitos dela, ou a deixamos…
Se fazemos a primeira opção, passamos a aprender a amar essa pessoa, com seu chulé, seu cucuruto ficando careca, suas cuecas horríveis… é ai que começamos a aprender a amar.
Se amor tivesse data de validade, deixaríamos de amar nossos pais, nossos filhos, nossos amigos.
O que acaba é a paixão. Essa morre e se sufoca, essa passa, essa fica para trás.
O filme acima citado é fantástico justamente por isso.
A responsabilidade de vc conquistar a mesma pessoa, TODOS OS DIAS.
O cara que sai de casa de manhã, não é o cara que volta, ele sofreu "N" mudanças imperceptíveis. E é ai, que mora o erro, esquecemos de conquistar esse lado dele, que ainda não conhecemos.
E vice-versa…
Um dia, acordamos do lado de um estranho e pensamos… uau onde foi parar o cara que eu conheci??? ué, ele mudou e você não percebeu…. você não conseguiu atingir esse lado de mudança diária dele.
O amor não tem data de validade… ele muda.. ele cresce, ele amadurece, mas não morre…

Espero que ele não fique muito bravo! rs!

Sou uma dessas mulheres, que acredita no amor. Acho difícil encontrá-lo, ainda mais num mundo pasteurizado e descartável, mas não sou dessas mulheres que desistem num primeiro momento ou na primeira crise. Talvez, isso se chame maturidade.

É justo que eu poste o link dele, para que quem lê esse blog, possa também ter o outro lado dos comentários.

http://colunas.marieclaire.globo.com/falecomele/2011/10/03/amor-tem-prazo-de-validade/
 
Brigite Deeke
Autora do Blog
brigiteandme.blogspot.com